Tejo Bar
 
09 de Setembro de 2009

<< À primeira vista poderá mesmo parecer um género de tasco ou coisa parecida, mas, depois de estar lá um bocado, reparamos que é muito, mas muito diferente de um tasco. É como se fosse uma pequena sala de convívio. Tem posters, discos, fotos, entre outras coisas, penduradas nas paredes. Tem 3 guitarras pousadas, um órgão, um baixo, que qualquer pessoa pode pegar, mesmo sem saber tocar, e começar a dedilhar.

Pois bem, para confirmar isso que me tinham dito, peguei numa guitarra para dar uns toques apesar de saber pouco. Não imaginava eu que, passados 2 minutos, ia ter um piano a acompanhar-me e pessoas a cantar. >>

 

Uma história contada na primeira pessoa, encontrada no All That Jazz e que merece a leitura completa.

publicado por Teresa Alves às 01:27 link do post
pesquisar neste blog
 
posts recentes

Sala de convívio

arquivo
blogs SAPO

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO